Introdução

É de conhecimento comum que ao passar de cada ano é necessário fazer a declaração do Imposto de Renda.

E para os produtores do meio digital, tal obrigatoriedade é origem de diversas dúvidas. A mais frequente em meio a todas é: Como declarar ganhos do Adsense no IRPF?

Sabendo disso, desenvolvemos este artigo para te ajudar a resolver esse “bicho de sete cabeças” que na verdade é uma tarefa bem simples. Somente é necessário tomar os cuidados certos para evitar de cair na malha fina.

Caso você tenha um canal no Youtube ou um blog monetizado através do Adsense, o que quer dizer que você tem ganhos em dólares, é necessário que faça o recolhimento mensal do IR por meio do carnê leão.

Fazer o recolhimento é obrigatoriedade por parte da pessoa física e passível de aplicação de imposto progressivo.

Optar por não fazer os recolhimentos mensais, trará consequências claras: a pessoa em questão, cairá na malha fina com o Fisco e pode vir a responder por crime de sonegação.

É importante ressaltar que para o sucesso do seu canal de comunicação, seja blog, site ou Youtube, também depende do conhecimento que você irá adquirir dentro deste artigo.

Sendo assim, será possível aumentar a sua lucratividade da seguinte forma:

  • Ao evitar altas multas da Receita Federal por descumprimento das obrigações fiscais;
  • Ao evitar juros e multas por pagamento de impostos fora do prazo;
  • Ao pagar impostos de forma correta e minimizando ao máximo os custos, e;
  • Por último, mas não menos importante, ao proteger e valorizar o seu patrimônio.

Qual a importância de declarar e preencher os dados corretamente?

A Receita Federal faz uma conferência automática em todas as declarações.

Dentro dessa conferência automática, ela também faz o cruzamento de dados entre você e agentes envolvidos como pessoas físicas e empresas.

Se for detectado algum tipo de incoerência na declaração você cairá na malha fina.

Nesse caso, é necessário fazer uma retificação ou pode tentar provar a autenticidade dos dados informados na declaração. E durante esse período o formulário ficará retido.

Certamente, se houver valores a restituir, você deixa de recebê-lo até segunda ordem.

Ao realizar o ajuste necessário, a Receita Federal vai verificar se há imposto devido. Caso exista, será aplicada uma multa equivalente a 0,33%/dia de atraso com um limite de 20% do valor total do IRPF devido.

Por outro lado, se você quiser provar a autenticidade dos dados que foram informados na declaração, será necessário apresentar documentos e registros oficiais ao Fisco. Para estes casos, é preciso aguardar uma intimação da Receita Federal.

Já para aqueles que tenham caído na malha fina e optam por não fazer nada, será obrigado a pagar 75% sobre o imposto devido, com correção pela Selic. Essas cobranças podem ser feitas de forma imediata ou demorar até 5 anos para chegar.

Como declarar os valores em reais usando o em dólar

Dentro do aplicativo da Receita Federal para declarar o Imposto de Renda é necessário apresentar os valores em reais. Mas não exatamente o valor que caiu na conta bancária.

Para preencher corretamente todas as informações, você vai precisar dos seguintes dados:

  • Dia que recebeu o valor em conta;
  • Valor total em dólar sem descontos ou taxas;
  • Valor convertido do total em dólar recebido calculado no Conversor de moedas do Banco Central;
  • Pegar o último dia útil da primeira quinzena do mês anterior do dia que você recebeu o valor em conta;

Como declarar carnê-leão Web Mensal pelo e-CAC

A declaração do Carnê-leão através da web, é feita no e-CAC (Centro virtual de atendimento).

Dentro do e-CAC também é possível consultar suas declarações apresentadas anteriormente e outros diversos processos digitais.

Feito para ser uma guia de recolhimento mensal do IRPF, o carnê-leão deve ser gerado por contribuintes que não são tributados direto na fonte e seus recebimentos são originários de:

  • Pessoas físicas, e;
  • Fontes internacionais;

Sendo assim, pessoas que recebem do Google Adsense se aplicam a esse modelo. Ou seja, sempre que houver um recebimento com origem internacional como o Adsense por exemplo, você precisa preencher o carnê-leão como forma de evitar problemas na declaração do ano seguinte.

Tal procedimento deve ser cumprido durante todos os meses do ano. Se por acaso em um certo mês não houver recebimentos, apenas lance o valor zero dentro do programa.

Primeiramente, você deve fazer o pagamento das guias do carnê-leão, mês a mês, e após pode declarar os seus ganhos pelo Adsense no IRPF.

Passo a passo: Preenchimento Carnê-leão Web:

  • Entre no aplicativo e-CAC
  • Acesse “Meu imposto de renda”
  • Clique em “Acessar Carnê-leão”
  • Caso seja seu primeiro acesso, você passará pela tela de configuração. Configure os recebimentos.
  • Preencha todos os dados: pessoais, endereço e profissão.
  • Insira todos os recebimentos que teve, marcando as opções e adicionando uma descrição. A data que deve ser preenchida em “lançamento” é a data exata que o dinheiro caiu em sua conta. Valor já em reais, neste caso.
  • Após preencher todos os meses, confira logo abaixo se há imposto a ser pago. A DARF será gerada de forma automática.

Google Adsense: é melhor receber como pessoa física ou pessoa jurídica?

Influencer é umas das profissões mais em alta no momento dentro do mundo digital.

Os produtores digitais, chamados influenciadores, trabalham produzindo conteúdos para diversos canais presentes na internet, sendo eles:

  • Instagram
  • TikTok
  • Youtube
  • Facebook
  • Twitter
  • Entre outros.

A origem da remuneração desses profissionais geralmente é baseada na monetização do Adsense e através de contratos com anunciantes interessados no público que o acompanha.

Alguns produtores digitais ou influenciadores, podem chegar a faturar em apenas um ano cerca de milhões de reais, alguns menos outros mais.

E em todos os casos, ainda reside uma dúvida: Ser autônomo ou pessoa jurídica?

Para avaliarmos melhor essa situação, vamos aos fatos:

Tributação para Pessoa física [influenciadores]:

  • IRPF – Imposto de Renda Pessoa Física: Alíquota pode bater nos 27,5%;
  • INSS – Contribuição Previdenciária: Alíquota de 20% (limitada ao teto do INSS);
  • ISS – Imposto Sobre Serviços: 2% a 5%.

Tributação para Pessoa Jurídica [influenciadores]:

  • Regimes tributários: Alíquota a partir de 6% no Simples Nacional ou 13,33% no Lucro Presumido;
  • INSS – Contribuição Previdenciária: 11% sobre o pró-labore (feita mensalmente);
  • ISS – Imposto Sobre Serviços: Incluso nas alíquotas do Simples Nacional e do Lucro Presumido mencionadas acima.

Visualizando os dados acima, podemos concluir que atuar como pessoa jurídica é sem dúvidas a melhor opção.

Além disso, existem outros pontos de vantagem para quem atua como pessoa jurídica. Sendo eles:

  • A possibilidade de emitir notas fiscais;
  • Facilidade ao elaborar contratos com outras pessoas jurídicas;
  • Facilidade na contratação de funcionários;
  • Maiores oportunidades de acesso a créditos e financiamentos.

Conclusão

Agora fica claro como é possível maximizar os seus ganhos e economizar nos impostos do seu negócio.

É importante destacar que os diversos benefícios da abertura de empresa para produtores digitais, fazem com que um número expressivo de profissionais da área busque uma contabilidade competente para ajudar nessa transição.

Após todos os fatos fica indiscutível o quão vantajoso é atuar como pessoa jurídica.

Por fim, espero ter te ajudado a entender melhor sobre o assunto.

Até logo.

Se inscreva para receber novas publicações

Recebemos sua inscrição, obrigado.
Ocorreu um erro ao tentar enviar. Por favor, tente novamente.

Continue lendo

Tenha um consultoria especializada

Somente para empresas e pessoas que entendem o valor do contador presente nas organizações

(31) 4042-6942
(31) 99994-4305

Fale conosco