O que são Custos?

A Contabilidade de Custos nasceu da Contabilidade Financeira, na necessidade da indústria em avaliar seus estoques e o resultado de suas operações.
Dada a missão da contabilidade de custos em mensurar o valor dos estoques, estes são avaliados em produtos acabados e produtos em produção. Em outras palavras, quanto custa cada produto já pronto para a venda e quanto está sendo gasto em cada produto que ainda está em processo de fabricação.
Até então, essa aplicação era primordialmente às empresas do setor de produção, como fábricas e indústrias.
Porém, com o significativo aumento de competitividade que vem ocorrendo em diversos setores do mercado, seja industrial, comercial ou de serviços, os custos (e também as despesas) tornam-se altamente relevantes nos processos decisórios e, principalmente, na precificação e produtos e serviços.
Nas empresas comerciais, tecnicamente não falamos em custos, mas em despesas.
Em resumo, custos são constituídos pela soma de todos os recursos aplicados na produção, transformação ou prestação de serviços. Esses custos são classificados em diretos e indiretos.

Custos Diretos e Custos Indiretos

Custos Diretos

De forma resumida, podemos estabelecer que custos diretos são todos os valores gastos diretamente sobre produtos fabricados ou em fabricação, onde se é possível aferir e medir diretamente, sem a necessidade de rateio. Por exemplo: Os valores gastos com matéria-prima, o valor da mão de obra aplicada diretamente na fabricação de produtos ou na prestação de serviços, etc.

Custos Indiretos

Dentro dessa mesma metodologia, podemos definir os custos indiretos em todos os valores gastos que não podem ser apurados individualmente sobre os produtos, sendo necessário estimar o valor por produto, fazendo um rateio do valor total. Por exemplo: Aluguel da fábrica ou do galpão, conta de telefone, etc.