Introdução

É de conhecimento comum que ao passar de cada ano é necessário fazer a declaração do Imposto de Renda.

E para os produtores do meio digital, tal obrigatoriedade é origem de diversas dúvidas. A mais frequente em meio a todas é: Como declarar ganhos do Adsense no IRPF?

Sabendo disso, desenvolvemos este artigo para te ajudar a resolver esse “bicho de sete cabeças” que na verdade é uma tarefa bem simples. Somente é necessário tomar os cuidados certos para evitar de cair na malha fina.

Caso você tenha um canal no Youtube ou um blog monetizado através do Adsense, o que quer dizer que você tem ganhos em dólares, é necessário que faça o recolhimento mensal do IR por meio do carnê leão.

Fazer o recolhimento é obrigatoriedade por parte da pessoa física e passível de aplicação de imposto progressivo.

Optar por não fazer os recolhimentos mensais, trará consequências claras: a pessoa em questão, cairá na malha fina com o Fisco e pode vir a responder por crime de sonegação.

É importante ressaltar que para o sucesso do seu canal de comunicação, seja blog, site ou Youtube, também depende do conhecimento que você irá adquirir dentro deste artigo.

Sendo assim, será possível aumentar a sua lucratividade da seguinte forma:

  • Ao evitar altas multas da Receita Federal por descumprimento das obrigações fiscais;
  • Ao evitar juros e multas por pagamento de impostos fora do prazo;
  • Ao pagar impostos de forma correta e minimizando ao máximo os custos, e;
  • Por último, mas não menos importante, ao proteger e valorizar o seu patrimônio.

Qual a importância de declarar e preencher os dados corretamente?

A Receita Federal faz uma conferência automática em todas as declarações.

Dentro dessa conferência automática, ela também faz o cruzamento de dados entre você e agentes envolvidos como pessoas físicas e empresas.

Se for detectado algum tipo de incoerência na declaração você cairá na malha fina.

Nesse caso, é necessário fazer uma retificação ou pode tentar provar a autenticidade dos dados informados na declaração. E durante esse período o formulário ficará retido.

Certamente, se houver valores a restituir, você deixa de recebê-lo até segunda ordem.

Ao realizar o ajuste necessário, a Receita Federal vai verificar se há imposto devido. Caso exista, será aplicada uma multa equivalente a 0,33%/dia de atraso com um limite de 20% do valor total do IRPF devido.

Por outro lado, se você quiser provar a autenticidade dos dados que foram informados na declaração, será necessário apresentar documentos e registros oficiais ao Fisco. Para estes casos, é preciso aguardar uma intimação da Receita Federal.

Já para aqueles que tenham caído na malha fina e optam por não fazer nada, será obrigado a pagar 75% sobre o imposto devido, com correção pela Selic. Essas cobranças podem ser feitas de forma imediata ou demorar até 5 anos para chegar.

Como declarar os valores em reais usando o em dólar

Dentro do aplicativo da Receita Federal para declarar o Imposto de Renda é necessário apresentar os valores em reais. Mas não exatamente o valor que caiu na conta bancária.

Para preencher corretamente todas as informações, você vai precisar dos seguintes dados:

  • Dia que recebeu o valor em conta;
  • Valor total em dólar sem descontos ou taxas;
  • Valor convertido do total em dólar recebido calculado no Conversor de moedas do Banco Central;
  • Pegar o último dia útil da primeira quinzena do mês anterior do dia que você recebeu o valor em conta;